Buscar

Explicaê 5.5 - MBS: O derivativo da crise de 2008

1. Explicações Técnicas a) Algumas definições importantes i. Hipoteca: é o direito dado ao credor de receber um bem imóvel ou de difícil mobilidade como garantia do pagamento de uma dívida por parte do devedor.Na hipoteca, o direito dado ao credor é sobre o valor do bem hipotecado e não sobre a sua substância. Por este motivo, nos casos de hipoteca, o imóvel permanece sob a posse do devedor, podendo ele usufruir normalmente deste bem.A liberação da hipoteca ocorre quando o devedor sana a sua dívida com o hipotecário, ou então o imóvel é colocado à venda e o valor obtido é entregue como pagamento. ii. Derivativo: é um instrumento financeiro cujo valor final deriva do valor de outro ativo (que

Explicaê 5.4 - Você sabe o que é CDS?

1. Glossário - Swap: São parentes próximos dos contratos a termo e contratos de futuros. Eles são acordos entre duas contrapartes para trocar fluxos de caixa ao longo do tempo.Seus três tipos básicos são swaps de taxa de juros, swaps de moedas e swaps de crédito (CDS). - Agência de classificação de risco: É uma empresa que qualifica determinados produtos financeiros tanto de empresas, como de governos ou países, avalia, atribui notas e classifica esses países, governos ou empresas, segundo o grau de risco de que não paguem suas dívidas no prazo fixado. 2. Explicações Técnicas a) O que é Credit Default Swaps? Os famosos Credit Default Swaps são seguros contra inadimplência. No geral, o que a

Explicaê 5.3 - Aprenda sobre opções: Butterfly

1. Explicações Técnicas a) Glossário - At the Money (ATM): No dinheiro (ATM) é uma situação em que o preço de exercício de uma opção é idêntico ao preço do título subjacente. Ambas as opções de compra e venda podem ser simultaneamente ATM. - Out of the Money (OTM): Out of the money (OTM) é o termo usado para descrever uma opção de compra com um preço de exercício superior ao preço de mercado do ativo subjacente ou uma opção de venda com um preço de exercício inferior ao preço de mercado do ativo subjacente. - In the Money (ITM): In the money (ITM) significa que o preço de exercício de uma opção de compra está abaixo do preço de mercado do ativo subjacente , ou que o preço de exercício de uma

Explicaê 5.2 - Você sabe o que é CAPM?

1. Explicações Técnicas a) O que é? O CAPM (Capital Asset Pricing Model), em português Modelo de Precificação de Ativos Financeiros (MPAF), é um modelo que mostra o retorno que um investidor aceitaria por investir em uma empresa. Trata de uma maneira de encontrar uma taxa de retorno exigido que leva em conta o risco sistemático (não diversificável ou risco de mercado), por meio do coeficiente Beta. O custo de capital de uma empresa é composto por uma parcela de capital de terceiros e outra de capital próprio, o CAPM é usado para estimar o custo do capital próprio, ou seja, o retorno que os acionistas esperam obter por suas opções de investimento. O CAPM é amplamente utilizado em todas as fin

LMF São Carlos © 2014-2020 todos os direitos reservados